04/10/2016

Cris Komesu | Mesa Brasil

1 comentário(s)

Ajudantes por um dia

São oito horas da manhã no Centro de Captação e Armazenagem do Mesa Brasil – CECAM e um grupo animado se destaca. De camisetas em amarelo vivo, conversam ora em inglês, ora em espanhol: são executivos da empresa DHL vindos de diversos países das Américas. Fora de suas rotinas administrativas, serão ajudantes por um dia nas entregas do Mesa.

Dhl -3-criskomesu (1)

Doações de alimentos recolhidas nos últimos dias já estão separadas no galpão. Os voluntários dividem-se em duplas e começam a carregar os oito veículos da multinacional de logística. Hortifrutis, sucos, biscoitos e grãos partem então em direção às instituições sociais cadastradas. As duplas são auxiliadas por representantes do Mesa no local e podem conhecer um pouco do trabalho social desenvolvido, tomando contato com a ação do programa no combate ao desperdício e à insegurança alimentar. São creches, abrigos, centros para crianças e adolescentes, centros para pessoas com necessidades especiais, entre outros.

Dhl -5-criskomesu

Em um dos carros, o CEO da DHL Express nas Américas, Mike Parra, e o presidente da empresa no Brasil, Joakim Thrane, seguem até a instituição Nossa Turma, localizada dentro do Ceagesp. A instituição atende as comunidades do entorno e acolhe crianças e adolescentes na creche e no contraturno escolar. Chegando bem a tempo do almoço dos pequenos – uma das quatro refeições que recebem diariamente -, a dupla até ajudou na tarefa de servir os pratos das crianças. 

“Com o Mesa Brasil conseguimos mostrar o que fazemos de melhor: entregar e coletar, conectando as pessoas e melhorando suas vidas. A oportunidade de contar com os meus colegas do conselho das Américas aqui, unindo forças para executar este programa tão poderoso, serviu como uma verdadeira prova da importância das ações sociais para o grupo DPDHL”, diz Joakim.

Dhl -9-criskomesu

Em outro percurso, os executivos vão em direção à instituição Amparo Maternal, onde puderam conhecer refugiados de diversos países. Ao perceber que algumas das pessoas atendidas falam francês e inglês, o bate-papo evolui: em alguns minutos, podem ouvir as histórias de quem teve de largar tudo em seu país de origem em busca de melhores condições de vida. 

Dhl -10-criskomesu

*A parceria entre o Mesa e a DHL existe há 15 anos. Saiba mais aqui

Deixe seu comentário

* Campos obrigatórios

1 comentários

  • Marcio souza 11 de outubro de 2016 às 08:51

    Parabéns a todos que participam desse maravilhoso projeto, que de uma FORMA mágica transforma qualquer um seja lendo uma matéria sobre o mesa brasil, seja recebendo o projeto na instituição ou seja participando do projeto.

    Responder