18/11/2016

Cris Komesu | Mesa Brasil

0 comentário(s)

Olhares sobre a obesidade infantil

Cerca de 41 milhões de crianças com menos de cinco anos são obesas ou estão acima do peso no mundo, de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS). Além de afetar a saúde imediata da criança, a obesidade pode ter efeito negativo em seu desempenho escolar e na sua qualidade de vida, com consequências até a fase adulta.   

Pensando nisso, no início de novembro, o Sesc São José dos Campos promoveu o Seminário Obesidade infantil: um olhar de todos. O evento reuniu profissionais das áreas de nutrição, pediatria, psicologia, educação e direitos da criança com o objetivo de avaliar os fatores que compõem o modo de vida das populações modernas e que estão diretamente relacionados ao sobrepeso e obesidade.

“O seminário foi de grande relevância devido ao seu caráter multiprofissional e que abordou a obesidade nas suas diferentes vertentes, promovendo um momento de aprendizado e reflexão”, afirma Michelly Fortunato, coordenadora do Mesa Brasil em São José dos Campos.

A indústria e a publicidade em torno dos alimentos ultraprocessados, as ações para o enfrentamento do sobrepeso e obesidade, as patologias associadas e suas consequências físicas, psíquicas e emocionais foram alguns dos temas discutidos. 

Deixe seu comentário

* Campos obrigatórios